Publicidade.

ANTIDEPRESSIVOS E MAU HÁLITO. COMO RESOLVER?

Como todo medicamento, os antidepressivos também têm efeitos colaterais, e dentre esses efeitos adversos, pode ocorrer a XEROSTOMIA, que é o funcionamento diminuído das glândulas salivares, resultando numa quantidade de saliva menor do que os padrões normais. O sintoma da xerostomia é a conhecida “BOCA SECA”, que está,  diretamente relacionada, com o aparecimento da halitose ou mau hálito. 



 A saliva é extremamente importante para a saúde bucal, pois tem função bactericida, protegendo, assim, a cavidade bucal da ação de vários microrganismos patogênicos, além de participar do processo digestório de alguns alimentos, facilitar a deglutição, manter o paladar, facilitar a fala e outras várias funções importantes. 

Caso você faça uso desse tipo de medicamento ou tenha algum amigo ou parente que faça uso deles, vale a pena verificar a função das glândulas salivares com um dentista capacitado no tratamento de tais alterações, para assim, manter sua saúde bucal completa. 

Em alguns casos, existe a possibilidade de, junto à equipe médica, tentar substituir o remédio por outro de efeito colateral menor ou de tentar diminuir a dose. 

Porém, em alguns casos, esses ajustes não são possíveis e faz-se necessário usar medidas para diminuir o desconforto da xerostomia. Trata-se de um tratamento paliativo, que inclui, desde mudanças de hábitos, como aumento no consumo de líquidos, adequação na dieta, uso de estimulantes de salivação (sialogogos) mecânicos e gustatórios, além de tratamentos como a acupuntura, a laserterapia e o TENS, que podem aliviar a secura na boca e na garganta. 


ANTIDEPRESSIVOS E MAU HÁLITO. COMO RESOLVER? ANTIDEPRESSIVOS E MAU HÁLITO. COMO RESOLVER? Reviewed by Unknown on 02:41 Rating: 5

Nenhum comentário